CNA E PARLAMENTARES DISCUTEM POLÍTICAS DE RENDA PARA O CAFÉ

21 Agosto 2019
Author :  

Setor produtivo busca alternativas para amenizar crise de preços na atividade

Brasília (21/08/2019) – A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e a Frente Parlamentar do Café se reuniram na noite de terça (20) com a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, para discutir ações para amenizar a crise de preços na cafeicultura.

Uma das principais demandas levadas pelo grupo formado por CNA e deputados e senadores foi a elaboração do Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural (Pepro) na modalidade invertida. A proposta visa amenizar a atual crise de preço.

“No entanto, para que Pepro invertido seja concretizado, será necessário mudar a legislação existente, pois hoje não há esta modalidade prevista em lei”, explicou o presidente da Comissão Nacional do Café da CNA, Breno Mesquita.

A Frente Parlamentar do Café se comprometeu a construir um projeto de lei para propor a alteração na legislação atual. A intenção é que o PL seja trabalhado pela Câmara dos Deputados e Senado Federal, simultaneamente, para que tenha celeridade.

A líder do governo na Câmara, deputada Joice Hasselmann (PSL/SP), também participou da reunião e se comprometeu a buscar a tramitação da proposta em regime de urgência.

O setor anda bastante preocupado com o endividamento dos cafeicultores por conta dos baixos preços pagos aos produtores, relatou o presidente da Frente Parlamentar do café, deputado Emidinho Madeira (PSB/MG).

Para o deputado Evair de Melo (PP/ES), o cenário atual impossibilita que os produtores arquem com os compromissos financeiros já firmados.

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, comprometeu-se a articular os presidentes das principais instituições financeiras e do Banco Central para que o alongamento já previsto no Manual do Crédito Rural seja cumprido de fato.

Outro tema tratado foi a gestão do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé).   Na avaliação dos parlamentares, diante do volume de recursos que o setor possui, os produtores de café não deveriam estar fragilizados da forma que estão atualmente.

Também participaram da reunião os senadores Antonio Anastasia (PSDB/MG), Rodrigo Pacheco (DEM/MG) e Carlos Viana (PSD/MG), que apoiaram os pleitos levados pelo setor.

Assessoria de Comunicação CNA

815 Views
Jornal AgroNegócio

Jornal AgroNegócio 12 anos.

Login to post comments
We use cookies to improve our website. By continuing to use this website, you are giving consent to cookies being used. More details…